SintPel

Primeira rodada de negociação com setor de Papel Ondulado foi marcado por explicações

Primeira rodada de negociação com setor de 
Papel Ondulado foi marcado por explicações
 
A primeira rodada de negociação com o empresariado do setor de papel ondulado (papelão), nesta quarta-feira, 02 de outubro, em São Paulo, foi marcado apenas por explicações solicitadas pelos patrões. De acordo com o presidente do nosso Sindicato, Francisco Pinto Filho, o Chico, que participou da mesa de negociação, os patrões alegaram que precisaram de maiores explicações sobre as nossas reivindicações para iniciar as negociações. Com isso, esta primeira rodada acabou sendo marcada apenas por esclarecimentos ao setor patronal. 
Ficou estabelecido que a pauta, em si, começará a ser discutida na próxima rodada, marcada para quarta-feira que vem, dia 09 de outubro, em São Paulo, onde o nosso Sindicato, com certeza, estará participando da mesa de negociação. 
 
PAPEL E CELULOSE – Já  nesta quinta-feira, dia 03 de outubro, o presidente do nosso Sindicato participa, em São Paulo, às 10 horas, da segunda rodada do setor de papel e celulose. A expectativa é de que o empresariado, finalmente, apresente uma contraproposta. 
 
ARTEFATOS – Já o setor de artefatos acabou agendando para esta sexta-feira, 04 de outubro, a primeira rodada de negociação. Tudo indica que o empresariado acabou agendando a rodada depois das manifestações realizadas em Piracicaba, na Weidmann, na semana passada, e em empresas nas cidades de São Paulo e Araras, respectivamente, nesta última segunda e terça-feira. 
 
NOSSAS REIVINDICAÇÕES – Nesta campanha salarial, a nossa pauta de reivindicações é unificada e pede a reposição integral da inflação (INPC) IBGE entre primeiro de outubro do ano passado a 30 de setembro, mais 6% de aumento real, além de manutenção do nível de emprego no setor. Também é pedido abono extraordinário de um salário nominal; piso Salarial de R$ 1.600,00; redução da jornada de trabalho, sem redução salarial para todos os papeleiros; adicional noturno de 60%; horas extras de 100%; cesta básica de alimentos de R$ 250,00; 14º Salário para todos os papeleiros; assistência médica de qualidade para ativos e aposentados, além de trabalho com saúde e segurança.
 
A DIRETORIA

02/10/2013
Facebook Twitter

Jornal do Papeleiro

Manual de segurança e saúde

10 anos! Nosso orgulho de representar todos os trabalhadores da Oji

10 anos! Nosso orgulho de representar todos os trabalhadores da Oji

...

29/09/202129/09/2021
Definido o prêmio do PLR da Reipel; pagamento será em duas

Definido o prêmio do PLR da Reipel; pagamento será em duas

...

06/03/202406/03/2024
Campeonato do Sintipel foi aberto com duas

Campeonato do Sintipel foi aberto com duas

...

19/03/201919/03/2019