Brasil, 19 de outubro de 2017
 
Home
Quem Somos
Diretoria
Convenções
Segurança no trabalho
COMSEPRE
Galerias Fotos
Colonia de Ferias
Sede Campo
Apartamento praia
Notícias
Localização
Links
Contato
Facebook - Sintipel
Imagenet
 
30/01/2017 - 9º Campeonato de Futebol Social

Regulamento em PDF AQUI

  ------------------------------------------------------04/07/2017---------------------------------------------------------------------
Rosário Central e Real Madruga fazem a final do futebol dos Papeleiros


As equipes do Rosário Central e do Real Madruga fazem, neste próximo domingo, dia 9 de julho, a grande final do 9º Campeonato de Futebol Social do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Papel, Papelão e Cortiça de Piracicaba (Sintipel). A decisão está marcada para as 8h30, na Sede Campestre do Sintipel, localizada na estrada velha de Tupi, bairro Conceição, onde será disputada toda competição, que será marcada por confraternização da categoria. 
Para chegar à grande final, o Rosário Central fez 4 a 3 no Mercenários, nas semi-finais, enquanto que o Real Madruga venceu o Deman por 4 a 2. 
O campeonato contou com a participação de oito equipes: AR-15 (Klabin), Deman (Klabin), Real Madruga (Klabin), Rosário Central (Klabin), Real Sociedade (Klabin), Fim de Carreira (Oji Papéis), Manutenção Oji (Oji Papéis), e Mercenários (Oji Papéis), que jogam entre si na primeira fase, classificando os quatro primeiros colocados para as semi-finais. 
Todo campeonato foi coordenado pelo diretor de Esportes do Sintipel, Aguinaldo da silva Pereira, e contou com total apoio da diretoria do Sintipel, presidida por Francisco Pinto Filho, o Chico. 
A diretoria do Sintipel entregará troféus às equipes campeã e vice-campeã, assim como a artilheiro, goleiro menos vazado e equipe disciplina. Alef, do Deman, lidera a artilharia, com 12 gols, seguido por Reginaldo e Rogério, ambos do Rosário Central, com nove gols cada. Já o troféu Disciplina será entregue ao time Fim de Carreira, da Oji Papéis, pelo melhor comportamento em todo campeonato.  

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124
 
 
  ------------------------------------------------------31/03/2017---------------------------------------------------------------------

Campeonato de futebol dos Papeleiros terá mais três partidas neste domingo
 
Neste próximo domingo, 2 de abril, serão realizadas mais três partidas do 9º Campeonato de Futebol Social dos Trabalhadores nas Indústrias do Papel, Papelão e Cortiça de Piracicaba, no período da manhã, na sede campestre do Sindicato da categoria, localizado na estrada velha de Tupi, bairro Conceição, onde será disputada toda competição. As 8h15 jogam Real Sociedade x Manutenção Oji, mesmo horário da partida entre AR 15 x Real Madruga. Já às 9h30 fecham a rodada Deman x Rosário Central. 
O campeonato, aberto no último dia 19 de fevereiro, conta com a participação de oito equipes: AR-15 (Klabin), Deman (Klabin), Real Madruga (Klabin), Rosário Central (Klabin), Real Sociedade (Klabin), Fim de Carreira (Oji Papéis), Manutenção Oji (Oji Papéis), e Mercenários (Oji Papéis).
No último domingo, 26 de março, os resultados da rodada foram os seguintes: AR 15 4 x 4 Fim de Carreira; Mercenário 4 x 3 Manutenção Oji e Rosário Central 7 x 4 Real. 
O campeonato é coordenado pelo diretor de Esportes do Sintipel, Aguinaldo da silva Pereira , e conta com total apoio da diretoria do Sintipel, presidida por Francisco Pinto Filho, o Chico. 
A diretoria já estabelece que ao final do campeonato haverá a premiação do campeão e vice, assim como do goleiro menos vazado, artilheiro e outros destaques da competição. 
 
 
Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124
 
  ------------------------------------------------------16/02/2017---------------------------------------------------------------------

 9º Campeonato de futebol dos Papeleiros será aberto no domingo, com quatro partidas

O 9º Campeonato de Futebol Social dos Trabalhadores nas Indústrias do Papel, Papelão e Cortiça de Piracicaba, promovida pelo Sintipel, será aberto neste próximo domingo, dia 19 de fevereiro, com a realização de quatro partidas. Às 8h15 jogam Real Madruga x Mercenários FC, e Rosário Central x Manutenção Oji, enquanto que às 9h30 medem forças Real Sociedade x Fim de Carreira e AR-15 x Deman.  

Todo campeonato será disputado na Sede Campestre do Sintipel (Bairro Conceição), estrada velha de Tupi. Participam do campeonato oito equipes AR-15 (Klabin), Deman (Klabin), Real Madruga (Klabin), Rosário Central (Klabin), Real Sociedade (Klabin), Fim de Carreira (Oji Papéis), Manutenção Oji (Oji Papéis), e Mercenários (Oji Papéis). O campeonato é coordenado pelo diretor de Esportes do Sintipel, Aguinaldo da silva Pereira , e conta com total apoio da diretoria do Sintipel, presidida por Francisco Pinto Filho, o Chico. 

Ao final do campeonato, haverá a premiação do campeão e vice, assim como do goleiro menos vazado, artilheiro e outros destaques da competição. “Sem dúvida, tudo promete, mais uma vez, que será um bom campeonato e esperamos que todos os participantes façam valer o princípio da lealdade e respeito aos adversários. Uma ótima diversão a todos e aproveito para convidar a todos os trabalhadores da nossa categoria a prestigiar mais este evento organizado pela nossa diretoria”, completa Chico. 

Vanderlei Zampaulo – MTb-20.124

  

 

  ------------------------------------------------------21/02/2017---------------------------------------------------------------------
Veja o PDF AQUI
Veja as fotos AQUI

 

 

 ------------------------------------------------------09/02/2017---------------------------------------------------------------------

Veja o PDF AQUI

 ------------------------------------------------------09/02/2017---------------------------------------------------------------------

REGULAMENTO

I – DO OBJETIVO
ARTIGO 1: O Campeonato de Futebol Social Livre/2017, promoção do Sindicato dos papeleiros, supervisão da Diretoria de Esporte e cujo desenvolvimento estará a cargo da Coordenação da Modalidade de Futebol, tendo como objetivo O PROJETO FUTEBOL ASSOCIADO.
II – DA PARTICIPAÇÃO
ARTIGO 2: A confirmação da inscrição dar-se-á pela efetiva, participação na primeira rodada, em dia e hora prevista marcado, e divulgado através de avisos afixados nos murais do Sindicato, bem como através do site.
ARTIGO 3: Fica facultado á equipe, inscrever novos atletas, desde que respeitando o máximo de 15 (quinze), até a 3º rodada da 1º Fase do Campeonato. 
III – DAS INSCRIÇÕES
ARTIGO 4: O Atleta que participar do Campeonato, fica vinculado a equipe, na qual foi, inicialmente, inscrito, não podendo disputar, em qualquer hipótese, por outra equipe até o termino do Campeonato.
ARTIGO 5 : Os atletas obrigatoriamente serão inscritos pôr equipes no local de jogos, registrados em súmulas específicas para tal finalidade na secretaria do Sindicato dos Papeleiros.
IV – DAS EQUPES E ATLETAS
ARTIGO 6: A partida será disputada pôr duas equipes, cada uma composta de 07 (sete) jogadores no máximo, um dos quais obrigatoriamente será o goleiro e 05 (cinco) jogadores no mínimo pra iniciar a partida.
ARTIGO 7: Nunca uma partida deverá ser iniciada com menos de 05 (cinco) atletas nas equipes, e nem ser prosseguido a mesma, se uma das equipes ficarem reduzidas a 04 (quatro) atletas sejam pôr motivos quaisquer.
ARTIGO 8: As equipes serão obrigatoriamente a fazer 40 (quarenta) minutos de jogo. Não obtendo este tempo, a equipe será perdedora por W.O. Neste caso todos os atletas inscritos nesta equipe, não poderão participar do Campeonato de Futebol Livre 2016.
ARTIGO 9: Se uma partida for interrompida antes de terem sido completadas 2/3 da mesma (40 minutos), por más condições do campo de jogo, esta será reiniciada posteriormente do momento de sua paralisação.  Após este tempo o resultado será mantido. Os cartões amarelos e vermelhos e os gols serão mantidos.
ARTIGO 10: A equipe que no decorrer de uma partida, ficar reduzida a menos de 05 (cinco) jogadores, será considerada perdedora por 1x0 se estiver vencendo ou empatando a partida. Se estiver perdendo a partida, será mantido o resultado do momento da paralisação.
ARTIGO 11: Poderão fazer parte do jogo, isto é, permanecerem dentro do recinto do campo de futebol, os seguintes:
1. Para poder participar da partida, os jogadores deverão se apresentar UNIFORMIZADOS, camisas iguais e com o número diferente nas costas, exceto os goleiros que deverão jogar com camisas diferentes dos demais, não sendo obrigatório o numero, sob pena de perdas de pontos nas partidas. Os pontos passarão para o adversário.
2. Os atletas que não estiverem uniformizados corretamente e participarem da partida serão encaminhados para a Comissão de Futebol, podendo ser punidos.
3. 1 (um) técnico permanente de cada equipe, identificado e sócio. O técnico poderá ser substituído uma vez no Campeonato. Se o técnico for expulso, o outro não poderá participar da partida. Somente poderá participar da partida um técnico por equipe.
4. Proibido o uso de chuteira. Se o atleta se recusar a trocar o calçado, o mesmo irá a julgamento e a equipe poderá perder os pontos do jogo se houver, em favor do adversário.
5. Se um atleta estiver irregular e participar da partida, a equipe perdera os pontos se houver em favor do adversário e o atleta irá a julgamento.
6. Qualquer irregularidade dos itens acima deverá ser comunicada ao arbitro pelo representante da equipe interessada e anotado na sumula 
V - DO W.O. 
Será considerado W.O., a equipe que não se apresentar no horário estabelecido, sendo que os atletas que estiverem constados na súmula, desde que igual ou inferior a quatro e os impedidos por partida, não sofrerão punição, somente não poderão se inscrever por outra equipe até o final do Campeonato. Os resultados da equipe infratora do W.O. serão anulados dentro da Fase do ocorrido, inclusive os gols, os cartões amarelos e vermelhos serão mantidos. Se o jogo for iniciado, não poderá haver reclamação do W.O.
Compete a Diretoria do Sindicato dos Papeleiros aceitar ou recusar eventual justificativa do atleta penalizado pelo W.O., desde que apresentados até 72 horas após o W.O., na secretaria do Sindicato dos Papeleiros.
 VI – DA TABELA – HORÁRIOS
ARTIGO 12: A programação oficial do Campeonato de Futebol Social/2017, como a tabela dos jogos , os respectivos horários e campos, serão determinados pela Coordenação dos campeonatos, cujos jogos serão realizados aos Domingos pela manhã, podendo ser marcado jogos durante a semana a noite e feriados, algumas rodadas poderão ter horários especiais.
Horários dos jogos:
Domingo
08:15 horas
09:30 horas
Haverá tolerância de 15 minutos para o 1º jogo, não havendo o jogo anterior á tolerância passará para o jogo seguinte.
ARTIGO 13: O tempo de duração de uma partida é de 60 (sessenta) minutos, divididos em dois períodos de 30 minutos, com 10 minutos de intervalo entre ambos.
VII – DAS DISPUTAS
ARTIGO 14: O Campeonato de Futebol Social do Sindicato dos Papeleiros, será disputado da seguinte forma:
1º fase: Será formado um grupo que jogaram entre si em turno único classificando-se para as semifinal as 4 ( quatro ) primeiras colocadas.
Equipes:  
1 - AR 15
2 - DEMAN
3 - FIM DE CARREIRA
4 - MANUTENÇÃO OJI
5 - MERCENÁRIOS
6 - REAL SODIEDADE
7 - REAL MADRUGA
8 - ROSÁRIO CENTRAL
Semifinal:
Jogo 22 – 1º colocado da 1º fase  X   4º colocado da 1º fase
Jogo 23 – 2º colocado da 1º fase  X  3º colocado da 1º fase
Final: 
Jogo 24 – perdedor do jogo 22 da semifinal   x   perdedor do jogo 23 da semifinal
Jogo 25 – vencedor do jogo 22 da semifinal   x   vencedor do jogo 23 da semifinal
ARTIGO 15: CRITÉRIO DE DESEMPATE
A. Empate na 1º fase entre duas equipes:
1. Maior número de vitória
2. Maior saldo de gols
3. Maior número de gols pró
4. Equipe mais disciplinada
5. Confronto direto
6. Sorteio
Complemento de desempate
OBS: Empate na 1º Fase entre 03 ou mais empatado
B. Se uma das equipes empatadas vencer os confrontos, estará classificada.
C. Serão observados dos itens 02 a 06 do artigo.
CRITERIO DE DESEMPATE NAS SEMIFINAIS E FINAL
Havendo empate no tempo normal de jogo, haverá cobrança de três penalidades máximas alternadas ou até conhecer o vencedor.
Será premiada a equipe mais disciplinada do campeonato, a qual tiver o menos numero de pontos ao termino da primeira fase.
1. Cartão amarelo   – 1 ponto
2. Cartão vermelho – 5 pontos
VIII – DAS DISCIPLINAS
ARTIGO 16: As transgressões, infrações ficam subordinadas as regras do futebol social, ficando divididas em: faltas técnicas, faltas pessoais, faltas disciplinares, as quais serão punidas pela arbitragem do jogo, e acumulada as faltas coletivas.
ARTIGO 17: Ficaram estabelecidos os seguintes cartões:
Cartão amarelo – a cada 03 (três) cartões amarelos, o atleta ficará suspenso 01 (uma) partida.
Cartão vermelho – A cada vermelho recebido, será expulso do jogo, automaticamente suspenso da próxima partida de sua equipe, e julgado pela Comissão de Julgamento de Futebol, podendo receber outras punições.
ARTIGO 18: Ficará a CRITÉIRO DO ÁRBITRO, as interpretações das jogadas onde houver O CARRINHO.
ARTIGO 19: A equipe que cometer 06 (seis) infrações coletivas pôr período de jogo sofrerá a cada infração do mesmo período falta com cobrança direta sem barreiras, em local especifico cobrada pôr qualquer atleta da equipe.
ARTIGO 20: Além das penas disciplinares no setor esportivo, os infratores a critério da Comissão de Julgamento de Futebol poderão ter seus processos encaminhados a Diretoria do Sindicato.
ARTIGO 21: Todo e qualquer recurso deverá ser encaminhado a Comissão de Julgamento de Futebol do Campeonato até o dia da próxima reunião da Comissão.
IX – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
ARTIGO 22: Fica proibido a entrada e soltura de fogos de artifício nas dependências do Sindicato dos Papeleiros.
ARTIGO 23: Os vencedores do Campeonato serão premiados a critério da Diretoria do Sindicato 
ARTIGO 24: Quando duas equipes jogarem com uniformes iguais ou semelhantes, a equipe visitante trocará as camisas por outras fornecidas pelo sindicato.
ARTIGO 25: Os árbitros usarão obrigatoriamente uniformes completos, cujas arbitragens e comportamentos em todos os jogos serão alvo de apreciação e julgamento pôr parte da Comissão e Diretoria do Sindicato dos Papeleiros.
ARTIGO 26: Serão zerados os cartões amarelos para as semifinais. Se um atleta receber o 3º cartão amarelo na ultima rodada da 1º fase, o mesmo ficara impedido por 1 (uma) partida nas semifinais.
ARTIGO 27: Cabe ao árbitro aplicar as regras, relatando todas as ocorrências da partida em seu relatório, entregando a quem de direito, até 24 horas após o jogo.
ARTIGO 28: O Sindicato não se responsabiliza por acidentes ou danos que possam ocorrer com os participantes da competição, inclusive com piercing e brincos.
ARTIGO 29: Qualquer mudança no regulamento terá que ter aprovação unânime dos representantes das equipes.
ARTIGO 30: Após o jogo, o responsável de cada equipe, poderá se dirigir até a mesa do representante para conferir e assinar a sumula, com relação a cartões aplicados e gols marcados.
ARTIGO 31: As informações sobre classificação, tabela de jogos, aplicação de cartão, artilharia, defesa menos vazada, suspensão e outras, poderão ser acompanhadas pelo Site do Sindicato, bem como através dos boletins afixados nos quadros de divulgação.
ARTIGO 32: Os casos omissos ao presente regulamento serão resolvidos em primeira instancia pela Comissão de Julgamento de Futebol e em Segunda instância pela Diretoria de Esporte do Sindicato dos Papeleiros.

 
Piracicaba, Fevereiro de 2017
Coordenação de Futebol

 

 

 

------------------------------------------------------09/01/2016---------------------------------------------------------------------

 



Jornal o Papeleiro









Rua Santo Antonio, 480 - Centro Tel: (19) 3422-4589 / 3422-6144 / 3434-6178
Todos direitos reservados - Sintipel